Torneio Inverno de Vôlei Misto – Regulamento

< Voltar

Regulamento Torneio Inverno de Voleibol Misto do Caiçara Clube de Jaú – 2018

 

Para a realização do Torneio Inverno de Voleibol Misto, o Caiçara Clube de Jaú adota o presente Regulamento com o objetivo de regulamentar a prática do esporte praticado por seus associados.

Introdução:

O Torneio Inverno de Voleibol Misto do Caiçara Clube de Jaú tem por finalidade a congregação, socialização e promoção da qualidade de vida para os associados, buscando fortalecer os laços de amizade e camaradagem numa disputa sadia que envolverá todas as vertentes do bem-estar de um convívio social, além de sobremaneira valorizar a formação humanitária através do esporte, de uma forma saudável, alegre e oportuna para um melhor convívio entre os associados do Clube.

Capítulo I

Disposições Preliminares:

Artigo 1º – As equipes, os atletas, o corpo de arbitragem e demais envolvidos nas competições esportivas, ficam sujeitos aos preceitos do presente Regulamento.

Capítulo II

Das Inscrições

Artigo 2º – Poderá se inscrever para a disputa do Torneio Inverno de Voleibol Misto do Caiçara Clube de Jaú, os associados que estiverem em dia com suas obrigações sociais como: taxa de manutenção paga e demais taxas que existirem.

Item. 1 – O associado interessado em montar uma equipe para participar do torneio, deverá retirar a FICHA DE INSCRIÇÃO junto a Secretaria do Clube até a data prevista nos itens abaixo, preencher os dados e devolver no mesmo local. No ato da entrega da ficha da equipe, deverá ser recolhida a taxa de inscrição no valor de R$ 10,00 (dez reais) por atleta inscrito.

Item. 2 – O Atleta que por qualquer motivo deixar de participar do torneio, não terá direito a restituição da taxa. Não será permitida a substituição atleta na listagem.

Item. 3 – O período das inscrições começa no dia 07 de junho de 2018 e vai até o dia 23 de junho de 2018,

Capítulo III

Artigo 3º – Das Divisões das Equipes

Item. 1 – As equipes serão montadas LIVREMENTE, por cada Representante, dentro dos limites numéricos, ficando o mesmo responsável pela entrega da Ficha, e participação no Congresso Técnico.

Item. 2 – Cada equipe deverá ter no mínimo 6 jogadores (3 homens e 3 mulheres) e no máximo 8 jogadores (4 homens e 4 mulheres).

Capítulo IV

Artigo 4º – Da Forma de Disputa:

A forma de disputa do torneio será definida após a entrega das inscrições das equipes e, levando-se em conta o número de equipes inscritas.

OBS. Caso não haja número mínimo de equipes, o clube cancelará a realização do torneio e os valores da taxa de inscrição serão devolvidos aos seus representantes.

Artigo 5º – Das regras da disputa:

Para melhor atender as necessidades das disputas do torneio Verão de voleibol feminino do Caiçara Clube, será adotado o seguinte critério:

Item 1 – As equipes serão compostas por 6 jogadoras e podendo chegar no máximo 8.

Item 2 – Cada jogadora terá que jogar no mínimo 1 SET completo (independente qual set seja) O não comprimento desse artigo implicará nas seguintes punições: – Perda dos pontos obtidos na partida, mais perda de 1 (um) ponto por atleta que não se enquadrar no descrito acima.

Item 3 – SUBSTITUIÇÃO: Podem ser feitas de acordo com as regras oficiais da modalidade, desde que a atleta já tenha jogado pelo menos um set e a mesma só pode sair uma vez por set.

Item 4 – PONTUAÇÃO:

– Vitoria por 2×0 – 3 (três) pontos para vencedora

– Vitoria por 2X1 – 2 (dois) pontos para vencedora

– Derrotas por qualquer placar – 1 (um) ponto

– WO a equipe não ganha ponto (zero pontos)

 

Item 5 – CRITERIOS DE DESEMPATE:

  • maior números vitorias
  • maior saldo de sets entre as equipes empatadas
  • maior saldo de pontos entre as equipes empatadas
  • maior número de sets vencidos
  • menor número de sets perdidos
  • maior número de pontos dos sets
  • menor número de pontos sofridos nos sets
  • sorteio

 

Item 6 – DAS MUDANÇAS DE DATA DE JOGO:

Após a confecção da tabela, não serão permitidas mudanças de jogos (adiamentos). O cancelamento da rodada, será apenas realizado pela Comissão Organizadora, em caráter excepcional.

Item 7 – DOS HORÁRIOS:

Após a definição dos horários na tabela, haverá a tolerância de 15 minutos para o início da 1ª partida da rodada. Para as demais partidas, NÃO HAVERÁ TOLERANCIA. Após essa tolerância a partida será encerrada considerando-se W.O.

7.1 – Fica autorizado excepcionalmente nesse campeonato o início das partidas com cinco jogadoras, porém após iniciada a partida com cinco jogadoras, a equipe deverá terminar o set com esse número de atletas, NÃO SENDO PERMITIDO A ENTRADA DA SEXTA JOGADORA, DURANTE O SET EM QUESTÃO. Caso haja outro set a ser realizado, na partida, a equipe poderá incluir a sexta atleta.

7.2 – Só serão permitidos 3 minutos de saque antes do início das partidas, o aquecimento deverá ser feito fora da quadra.

Item 8 – PEDIDOS DE TEMPO:

Cada equipe poderá solicitar apenas um pedido de tempo por set.

Item 9 – DA DURAÇÃO DAS PARTIDAS:

Cada set terá a duração de 25 pontos, como previsto na regra oficial da modalidade. Será considerada vencedora a equipe que vencer 2 (dois) sets. No caso da necessidade do 3º set, a duração do mesmo será de 15 pontos, como previsto na regra oficial.

Item 10 – FORMA DE DISPUTA:

Será definida após o número de equipes participantes, e divulgada em anexo posteriormente.

Capítulo V

Artigo 6º – Dos Coordenadores das Equipes

  1. a) – O Coordenador tem o poder de escalar ou substituir qualquer atleta de sua equipe no decorrer da partida.
  2. b) – As reclamações junto a Comissão Técnica, só poderão ser feitas, por escrito, pelo Coordenador da equipe, até às 17h00 da 2ª feira subsequente.

Capitulo VI

Artigo 7º – Disposições Gerais e Transitórias

Item. 1 – Para participar dos Campeonatos, o associado do Caiçara Clube deverá estar quite com os cofres do Clube de acordo com a Resolução 02/2002 e não estar cumprindo penalidade de qualquer natureza.

Item. 2 – O Clube não se responsabiliza por eventuais acidentes que possam acontecer no decorrer dos Campeonatos, cujas possíveis despesas serão arcadas pelo participante em questão.

Item. 3 – O atleta que faltar com respeito com membros da Comissão Técnica, da Diretoria, funcionários do Clube, estará sujeito a pena disciplinar a ser imposta pelo Tribunal Esportivo, que se baseará no relatório da súmula ou no Comunicado Interno.

Item. 4 – O atleta que proferir palavras de baixo calão, a qualquer título, independente de estar disputando a partida, estará sujeito a pena de suspensão imposta pela Comissão técnica do campeonato e as penas do julgamento a ser realizado pelo Tribunal de Justiça Desportiva do Campeonato.

 

Item. 5 – Todo caso grave de indisciplina, (agressões à árbitros, adversários ou companheiros) ou que extrapole o campo de jogo, será punido pela Tribunal Esportivo e encaminhado a Diretoria do Clube e para o Conselho Deliberativo para ser julgado na conformidade em que se estabelece as regras do Estatuto Social.

Item. 6 – A súmula do Jogo é o Documento Oficial da partida, não sendo necessária a apresentação de testemunha para valida-la, sendo o documento apto a dar início ao Processo Disciplinar.

Item. 7 – Nenhum participante do torneio Inverno de voleibol misto do caiçara clube poderá alegar ignorância dos preceitos estabelecidos no presente regulamento.

Item. 8 – Será enviada uma cópia para a aprovação da Diretoria do Caiçara Clube.

Item. 9 – Após a aprovação feita pelos órgãos competentes, será dada publicidade do referido regulamento na seguinte forma: a) Site oficial do Caiçara Clube b) Um exemplar para cada coordenador de equipe c) Um exemplar para o Corpo de Arbitragem.

Capitulo VII

Artigo 8º – Da Premiação:

Será premiada a equipe campeã e vice-campeã, com troféu e seus respectivos atletas com medalhas.

Os casos Omissos do Presente Regulamento serão decididos pela Comissão Técnica, revogando-se as disposições em contrário.

_ REDES SOCIAIS

R. Dona Francisca Prado Sampaio, 427
Jd Sanzovo- Jaú - SP - 17204-220
E-mail: caicara.clube@uol.com.br
Fone: (14) 3601-2511